Mensagens

Imagem
EMPREENDIMENTO AMBIENTAL NOS BIJAGÓS








No âmbito da Rede Lusófonavde Educação Ambiental (RedeLuso), hoje, 10 de janeiro de 2018, é lançada publicamente a Comissão Organizadora do V Congresso Internacional de Educação Ambiental dos Países e Comunidades de Língua Portuguesa, nas instalações do IBAP em Bissau. Em 2019 terá lugar em Bubaque esta mega iniciativa que vai envolver todo o PALOP e parceiros na área do ambiente e desenvolvimento. Bem haja! Arquipélago dos Bijagós na sua qualidadede região administrativa, reserva a biosfera e Sítio Ramsar agradece.
Imagem
RESTITUIÇÃO VIAJOU ATÉ A CASA
O Parque Nacional Marinho de João Vieira e Poilão apresentou os resultados de quatro anos de pesquisa científica a 4 de dezembro de 2017, nas instalações da Casa do Ambiente e Cultura de Bubaque numa reunião de Restituição dos Resultados do projeto Pesquisa Participativa para a Conservação da Biodiversidade do Parque Nacional Marinho de João Vieira e Poilão, aos ~representantes das comunidades locais proprietárias das ilhas do parque e para as instituições residentes em Bubaque e várias personalidades locais.










Imagem
WORKSHOP DE RESTITUIÇÃO
O Parque Nacional Marinho de João Vieira e Poilão apresentou o resultados de quatro anos de pesquisa científica a 30 de novembro de 2017, nas instalações do IBAP, num Workshop de Restituição dos Resultados do projeto Pesquisa Participativa para a Conservação da Biodiversidade do Parque Nacional Marinho de João Vieira e Poilão.











Imagem
CALCULO DO ÍNDICE NACIONAL DE GESTÃO DE RECURSOS MARINHOS E COSTEIROS DE (INCRMC) - 2017
No âmbito do projeto subregional GoWAMER (Gouvernance, politiques de gestions des ressources marines et réduction de la pauvreté dans l'écorégion WAMER) o IBAP organizou entre 3 e 4 de outubro de 2017 nas suas instalações um seminário do Grupo de trabalho nacional anual de seguimento da governança e a coerência entre as políticas de gestão de recursos naturais marinhos e costiros e s da luta contra a pobreza. Este exercício tem como objetivo seguir a evolução de critérios de avaliação da coerência de aplicação de leis, estratégias e planos de gestão em matéria de recursos naturais marinhos e costeiros ao nível da Guiné-Bissau.



Imagem
FORMAÇÃO NAUTICA DOS MARINHEIROS
A equipa de formadores em marinhagem liderada por Louis-Gérard d'Escrienne realizou na Reserva da Biosfera do Arquipélago de Bolama-Bijagós, entre 21 e 30 de junho de 2017 uma sessão de formação de formadores dirigida aos marinheiros de serviço de parques de Gabão. Dado que este facto se revestia de extrema importância para a reciclagem natica dos marinheiros, o IBAP aproveitou a boa relação existente entre as partes para se associar a esta formação, implicando  seus marinheiros. Participaram da parte do IBAP na formação os marinheiros do PNTC, PNO, PNMJVP e CAC. Esta formação foi financiada pelo ANPN projeto Arc Emeraude, IBAP e Serviço de Parques de Gabão.








Imagem
Visita de Intercâmbio
Terminou o intercâmbio em matéria de fiscalização marítima entre a Reserva de Santa Luzia e o Parque Natural de Grupo de Ilhas de Orango que se decorreu de 22 a 25 de junho de 2017 na Reserva da Biosfera do Arquipélago dos Bijagós. A iniciativa lançada aos caboverdianos pelo diretor do PNO durante a reunião da RAMPAO  que teve lugar em Cabo Verde em 2016 foi financiada pela RAMPAO/PRCM.
A delagação de Cabo Verde, da Reserva de Santa Luzia, estava composta de 5 elementos, entre os quais, a diretora da reserva, uma técnica da Autoridade Maritima portuária e três pescadores, em representação das comunidades pescatórias que utilização os recrsos da reserva.
A 27 dias de junho de 2017, realizou-se na sala de reuniões do IBAP uma sessão de restituição da visita de intercâmbio, na qual os visitantes exprimiram as suas satisfações em poder ver esta oportunidade de aprender com a experiência do IBAP em matéria de fiscalização marítima concretizada. E fizeram votos para qu…
Imagem
ATELIÊ DE REFORÇO DE CAPACIDADES DE PAÍSES LUSÓFONOS DA ÁFRICA DO OESTE E CENTRAL
(Cidade Velha, Cabo Verde, 29-31 de maio 2017)


O Centro do património mundial da UNESCO organizou nos dias 29, 30 e 31 de maio no quadro da imolemenação do Plano de Ação 2012-2017 do relatório pperiódico para a região daÁfrica, um ateliê de reforço de capacidades dos países da África do Oeste e Central. O ateliê teve lugar na Cidade velha em Cabo Verde, no qual participaram técnicos de Agola, abo Verde, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial e São Tomé e Principe. A realização deste ateliê tem como finalidade permitir aos países de comprir com os objetivos fixados no Plano de Ação, e o objetivo numero um visa, melhorar a apresentação dos sítios do Património Africano na Lista do Património Mundial através de peparação de dossiês de candidaturas.

As autoridades caboverdianas mostraram-se interessadas neste tipo de iniciativas por parte de UNESCO e se fizeram representar nos atos de abertura e encerramento do ateliê.…